Media Centre

CURSO ONLINE EM MICROSCOPIA DE FUNGOS É LANÇADO PELA UNIVERSIDADE DE MANCHESTER

September 18 2017

Os cientistas estimam que dos 5 milhões de espécies de fungos existentes na Terra, cerca de 600 causem doenças no homem. Diagnosticar uma infeção fúngica grave em tempo real é um grande desafio e este curso tem como objetivo ensinar um método rápido de diagnóstico.

Especialistas em Manchester (Reino Unido) desenvolveram o primeiro curso online de microscopia de fungos. Destina-se a médicos, cientistas e técnicos de laboratório de todo o mundo, e porque é um curso online, estudantes de países com baixos recursos financeiros, onde a necessidade de informação é maior, terão agora a possibilidade de aprender a reconhecer a maioria dos fungos patogênicos.

O número de profissionais, em nível mundial, com experiência em microscopia fúngica é baixo. Apesar de um maior desenvolvimento das técnicas de diagnóstico e tratamento, a disponibilidade de métodos rápidos de diagnóstico é muito baixa em muitas partes do mundo. Este déficit contribui para um número anual de 1.600.000 mortes  de pessoas afetadas com infeções fúngicas.

Este curso não só ensina como diagnosticar rapidamente e com precisão as infeções fúngicas graves, mas também ensina como efetuar um exame microscópico de amostras clínicas em num laboratório dedicado ao diagnóstico. Este curso está disponível em www.microfungi.net.

David Denning, professor de Doenças Infeciosas e Saúde Global da Universidade de Manchester e um dos criadores do curso, afirma que "A prevalência de infeções fúngicas aumenta em relação direta com um número cada vez maior de indivíduos suscetíveis (pacientes oncológicos sujeitos a quimioterapia, transplantados de órgãos, asmáticos e indivíduos com doença pulmonar crônica) e ainda do aumento das viagens internacionais para áreas endêmicas. Poucas técnicas oferecem um diagnóstico tão rápido e barato como a microscopia. Este curso permitirá microbiologistas e patologistas diagnosticar a maioria das infeções fúngicas em minutos, permitindo salvar muitas vidas".

O curso foi concebido pelos seguintes profissionais: Dr. Jenny Bartholomew, Michael Clarke, Prof. David Denning, Dr. Riina Richardson, Dr. Emyr Benbow e Dr. Ruth Ashbee, com contribuições de vários especialistas em micologia de outros países.

Visite: www. microfungi.net